Ca§adoras do inferno

Categoría: Nuevos Usuarios
Fecha: 13/07/2011 15:23:07
Visitas: 2117

Aplicaciones

Goodgame Big Farm

Administra tu propia granja

Goodgame Empire

Construye tu propio imperio

livro online para quem gosta de histórias de terror e ação

A descoberta

oi eu me chamo Samantha cristina portugal.tenho 16 anos e vou contar a minha história.Eu nasci na frança Há mais ou menos 123 anos atraz,Esmeralda minha mãe teve uma gravidez dificil pois eram tres meninas em seu ventre e o pior de tudo eramos demonios.Logo que nós nascemos,Esmeralda tentou nos matar mas não consegui,então nos enviou para o fundo do mar,dentro de uma caixa feita de pedra.E uma escritura.

Aqui jas as piores coisas já existentes no mundo.

Nuca as liberte pois daqui saira o fim.

123 anos depois,uma enorme pedra é encontrada por um homem,com tres crianças presas dentro dela,ele toca e transmite suas forças para as meninas,de seus corpos surgi uma explosão muito forte e a caixa de pedra se parte em duas, então o homem ás envia para o Brasil.

cada uma para um lugar.Eu para São paulo,Moema.Uma para São Miguel tambem em São paulo.E a outra para o Rio de Janeiro.Não sei se é obra do destino ou se foi mera conhecidencia,mas todas nós fomos parar no mesmo lugar...Em São Miguel Paulista.

Acabamos nos conhecendo e virando grandes amigas,todos falavam que pareciamos até irmãs.Mas um dia descobrimos que realmante,eramos irmãs.

13 de fevereiro de 2009

Estavamos na escola,foi então que no meio da aula,alguem bateu na porta o professor atendeu era uma mulher,vestida de preto com uma capa que decia até o chão coisa estranha, porque tava calor.

-Bom dia professor tenho um comunicado para Samantha,Diana e Rubi.Elas poderiam vir comigo?

-Claro.Meninas?-Disse ele com um olhar de desconfiado.

Sem abrir a boca nos seguimos a mulher,até o lado de fora da escola,mas ai nos paramos.

-Para onde vamos?-peguntou Rubi

-Bom como aqui não tem ninguem posso falar.Eu me chamo Coral,estou aqui para leva-las claro,não posso fazer isso sem a permisão de voces,mas podem escolher se querem vir comigo ou se querem ficar aqui.

-Para onde vamos?-Eu perguntei.

-Nós temos que proteger voces,se vierem comigo vou leva-las para um lugar seguro onde poderei responder qualquer pergunta de voces.

-Até parece,Querida crianças e adolescentes somem todos os dias.Agora me diz,voce acha que vamos entrar no carro de uma pessoa que nem conhecemos?-Disse Diana.

-Eu não sou uma pessoa sou um anjo.-Disse ela com um sorriso ironoco.
-Isso não existe.-Retruquei

Novamente ela sorriu trou um rato do bolso,o lançou no ar e estendeu os dedos para ele.O rato explodiu quando uma luz branca atingiu sua cabeça derramando sangue na calçada.

-Duvidam de mim agora.

-Não.-Dissemos nós tres em coro.

Chegamos no centro de São Paulo em uma casa grande dentro de um jandim imenso.Lá conhecemos Amanda até hoje não vou com a cara dela algo me diz que estou totalmente certa.

Dentro da casa senti minha cabeça girar me vi flutuar no ar e quando dei por mim estava dormimdo ou desmaiada.pois tive um sonho,um homem com uma parte do rosto coberto apareceu na minha fente.

-Fuja Samantha.Saia desta casa com suas irmãs e venha até mim voces correm sérios perigos.

Eu acordei em um quarto enorme com paredes brancas uma cama e um espelho na frente dela só não havia mais nada no quarto.

-Bom dia Samantha.Oque foi? tá com cara de quem viu um fantasma?-Perguntou Diana

-Não nada.De onde voce veio?

-Há voce viu que legal? Coral me ensinou ela disse que é teletransporte.

-Samantha.Como voce está?

-Bem Amanda,Obrigada.

-Não há de que.Então eu sei a resposta mas não posso deixar de perguntar.Posso?

-Amanda não é hora para isso.-Disse Coral.

-Tudo bem pode perguntar.-Eu me levantei

-Ela deixou.Cara Samantha voce acredita em Deus?

Ela sabia que eu não iria responder então continuou falado

-Eu sei porque voce não acredita.Voce o culpa.Seu pai morreu na sua frente com uma bala no meio da cabeça,sua avó morreu de infarte tambem na sua frente.Já o seu primo...

-Para-eu gritei-para por favor.

-Deixe só eu te disser uma coisa.Não foi Deus ele não te abandonou foi um demo...

-Chega-Gritou Rubi enquanto me segurava para mim não desmaiar.

-Levem-na devolta para a cama ela precisa descancar-Disse Coral-Evoce chega de testa-la,ela ainda não está pronta.

-Está tudo bem?-Perguntou Rubi

-Sim.

-Mesmo assim tente dormir -Disse Diana

Diana e Rubi sempre cuidaram de mim mesmo sem saber da outra parte da história de minha vida.Pensando em tudo o que a conteceu decidi contar a elas o que aconteceu.Mas como estava sozinha no quarto,adormeci e navamente vi aquele homem que apareceu comigo.

-Tque minha mão-Ele disse,mas antes que chegar perto dele ouvi alguem me chamando,acordei,Diana estava do meu lado.

-Desculpe te acordar mas eu queria saber... ...O que houve com seu primo?

-Nada de mais-Sentei na cama,Está na hora de contar a verdade-Chame Rubi aqui vou cntar pra voces o que aconteceu

Ela não disse nada só balançõu a cabeça e saiu.Nvamente estava sozinha no quarto branco na minha frente o espelho enorme.Foi ai que percebi.Eu estava horrorosa palida e assustada.No espelho eu vi aquele homem do meu sonho chorando.

-Voltei-Disse Diana abrindo a porta-E trouxe Rubi.

-Oque houve Samantha?Porque me chamou?

-Porque eu preciso contar o que aconteceu comigo e com meu primo...

continua...






Comentarios / Consultas
Palabras Clave:
demonios